Por mais autoconfiança que você tenha, em algum momento da sua vida, você vai olhar para alguém e pensar: “Como é que essa pessoa consegue ser tão focada e gerar tantos resultados?”.

Isso não é inveja, nem o tal do “recalque”.

Estamos sempre nos comparando aos outros, até o momento em que começamos a adotar hábitos mais inteligentes e passamos a nos comparar somente com o que éramos antes disso.

Se você está lendo este artigo, é por que a lagarta dentro de você já está querendo despertar a sua borboleta da produtividade. Ótimo.

O próximo passo é você se imaginar adotando dez regrinhas muito utilizadas por pessoas bem sucedidas, que chegaram lá.

E o primeiro deles começou ontem à noite, quando você, antes de dormir, programou todas as tarefas que iria executar hoje, certo?

 

1  – Planejamento se faz uma noite antes

Em seu livro Enfodere-se!, Caio Carneiro conta como adquiriu mais disciplina para treinar todo dia em uma academia de ginástica.

Simples: ele passou a arrumar a mochila uma noite antes. Assim, quando acordasse, bastava tomar um café da manhã rápido, pegar a mochila e sair.

Sabe o que mais perdemos na vida? Não, não é dinheiro. É tempo.

Produtividade tem tudo a ver com uma melhor gestão de seu tempo.

Dizem que Mark Zuckerberg normalmente usa as mesmas peças de roupa para não desperdiçar seu tempo decidindo o que vestir.

Da mesma forma, Steve Jobs era conhecido pela gola alta preta e calça jeans que usava incessantemente.

Se isso é lenda ou não, jamais saberemos, mas comprova algo que já imaginávamos: as pessoas bem sucedidas sabem que tempo é dinheiro e não querem perder nem um, nem outro.

 

2 – Antes confiar em uma agenda do que na memória de um elefante

Você já deve ter ouvido a frase: “Os elefantes nunca esquecem”.

Eles nunca esquecem mesmo. Só que nós não temos memória de elefante.

Se você quer se imaginar como uma pessoa mais produtiva e disciplinada, aceite que a sua memória pode falhar e trate de providenciar uma agenda (de papel ou eletrônica) para registrar as suas atividades diárias.

Existem sites e aplicativos como o Trello, que são ótimos para fazermos nosso planejamento diário.

 

3 – A arte de definir prioridades

Não adianta nada pensar nas suas responsabilidades uma noite antes sem saber quais devem ter prioridade no seu dia.

Uma sugestão é classificar as suas tarefas dessa forma:

  • Tarefas urgentes: devem ser feitas na 1° parte do dia
  • Atividades curtas e rápidas: a finalização delas garantirá uma motivação maior para o seu dia
  • Decisões difíceis: qualquer momento do dia, mas com a mente descansada
  • Hábitos saudáveis: praticar atividade física, ler, assistir a um curso online
  • Pequenas tarefas, grandes finalizações

Chegou o momento da execução, mas você tem uma tarefa muito complexa para finalizar. Como você está em um dia extremamente produtivo, o que você fará? Dividirá essa tarefa em outras pequenas, para resolvê-la em partes e finalizá-la com sucesso.

 

4 – Recompense-se

As distrações são um dos maiores inimigos da nossa produtividade. Ficamos conectados o dia inteiro e isso acaba dificultando nossa concentração.

Portanto, cada vez que você finalizar uma tarefa, você se recompensa com alguma distração. E em seguida recomeça outra tarefa com a energia renovada.

Essas pausas são extremamente importantes para que você analise o que foi feito e perceba erros e ineficiências.

 

5 – Estabeleça metas realistas e prazos folgados

Isso vale não só para tarefas profissionais, mas para tudo na sua vida (emagrecer, parar de fumar, começar a praticar uma atividade física, etc.).

Quando você define uma meta que sabe que poderá alcançar, você se sente uma pessoa mais produtiva quando consegue atingir seus objetivos.

 

6 – Sem essa de ser multitarefas

Cuidado: fazer milhões de coisas ao mesmo tempo é não fazer nada por completo.

Se precisar, escolha um dia por semana para cada tarefa.

Ou faça como muitos vendedores: estipule metas para a semana inteira e tente adiantá-las ao máximo no começo da semana, quando costumamos ser mais produtivos.

 

7 – Comece um projeto imaginando o seu final

Quando você executa algo sabendo o que deseja alcançar, as chances de ter que refazer alguma parte diminuem consideravelmente.

 

8 – Elimine o que durar muito e gerar pouco (ou nenhum) resultado

Se não puder fazer isso todos os dias, tente fazer a cada semana: elimine da sua rotina tarefas que tomam muito seu tempo, mas que não te agregam nada.

Cada pessoa tem o seu próprio calcanhar de aquiles: jogos de vídeo game, seriados na TV, filmes ou qualquer outra distração que ocupe grande parte de suas horas.

Elas são necessárias para preservar a sua saúde mental, mas não podem te dominar, a ponto de você deixar de lado suas responsabilidades profissionais.

Não se esqueça: só se consegue ser mais produtivo e disciplinado quando se direciona o foco para algo que irá te dar um retorno.

 

9 – Seu progresso precisa ser visto inicialmente…por você

Antes que os outros possam perceber nosso progresso, ele deve ser notado por nós.

Aplicativos como o Trello podem ser extremamente úteis nessas horas, para que você tenha um quadro geral de tudo o que executou na semana e o que falta você finalizar.

Isso vale para tudo: atividades profissionais, dieta, quantidade de exercícios físicos por semana, medição de calorias gastas, etc.

É como perder peso: quando começa a dar certo, você automaticamente passa a abandonar tudo aquilo que te impedia de chegar aos resultados.

 

10 – Afinal, produtividade tem a ver com progresso e isso só se consegue com muita disciplina.

Portanto, ser mais produtivo exige não apenas disciplina, mas foco. Disciplina remete à consistência, a fazer várias vezes uma coisa que vá te dar um retorno.

Já o foco tem a ver com direcionar sua atenção ao que realmente importa, aprendendo a dominar suas distrações, para que elas não consumam grande parte do seu tempo.

Ser uma pessoa produtiva dá trabalho, mas gera resultados.

Insista um pouco a cada dia na sua evolução.

Confira também: Liderança Criativa, a arte de estimular o pensamento inovador dentro de suas equipes